29 de abr de 2008

Shopping depois do expediente

Uau, aqui estou eu depois de um cansativo dia de trabalho. Na editora, alguém disse que iria comprar um presente depois do expediente.
Presente de aniversário da comemoração de sei lá de quantos anos de casado. Caraca. Alguém ainda compra compra presente pra isso? E sem procurar as famosas listas das lojas?
Tá bom, existem listas em tudo quanto é lugar.
É lista das Lojas Americanas, lista da Livraria Saraiva, lista das lojas dos shoppings de decoração, lista das lojas dos shoppings que não têm decoração, só filmes, fastfoods, área de fumantes e de lazer pra criançada.
Esses shoppings de hoje em dia deixaria qualquer dono de mercearia de antanho boquiaberto.
Como então, você vai num shopping prá comemorar uma data tão importante, comprar lingerie (êpa, acabo de entregar a pessoa) ou comprar qualquer presente, mas antes vai saborear uma pizza ou sei lá o quê, que as praças de alimentação oferecem? Antes ainda você vai dar um rolé pra ver as vitrines de roupas sob medida (não para você), roupas belíssimas & caríssimas destinas aos teens (e não à você), roupas vendidas na Cantão, na Toulon, na Richard's, na Chiffon, na Madame MS?
Bons presentes não é pra qualquer um. E rodar horas a fio num desses shoppings também exigem fôlego. De leão. Você entra no shopping pra ir ao cinema, sobe elevador, sobe escada rolante, anda paca, e depois de enfrentar tremenda fila vai procurar uma coisinha pra comer, por que sua companhia quer mais é dar um rolé, enquanto espera a hora da sessão começar. Daí, o rolé pode ser ver vitrines, ver livrarias, ver roupas, calçados, badulaques, eletrodomésticos, letrônicos, tvs, telefones, coisas tão importantíssimas que depois de 10 minutos você nem lembra mais por onde já passou.
E nem sabe mais qual filme pretende ver.
Foi isso que aconteceu com a pessoa que trabalha lá na editora. Depois do expediente, ele se mandou pro shopping. Enquanto nós, os outros pobres mortais, saimos sem rumo nem direção, a procura dum bar pra bater papo e malhar a empresa, sedentos de afagos mentais nos egos corroídos de tabefes morais, nos achando eternos injustiçados, apesar de sermos a nata da classe, a créme de la créme, apesar de no fundo no fundo, querer apenas um pequeno pretexto pra encher a cara e cantar a garota que estivesse do lado (no caso dos homens), encher a cara e cantar o cara que estivesse do lado (no caso das mulheres), encher a cara e só malhar a empresa e o patrão (no caso dos malucos), encher a cara e se vangloriar pelo que havia feito (no caso de uma minoria realmente mínima de puxa-sacos), encher a cara - xingar o garçon - brigar com o dono do bar e no final pedir desculpas pros amigos (esse tá mal mesmo!).
Pois é, é isso aí. Já nem lembro o que falava antes.
Mas que lista de aniversário é um saco, isso é.
E lista virtual? Qualquer dia desses conto como é a lista do submarino. A Lista do Submarino, como eles fazem questão de publicar.
Mas isso é papo pra outro dia. Prouta lista.
Vou ficar por aqui, de olho nessa secretária boazuda que fica roçando na minha perna.

28 de abr de 2008

Quadros e retângulos no InDesign

Você sabia que os quadros e retângulos que você cria no InDesign são editáveis?
Explico. No pagemaker e afins, quando um texto era inserido num quadro e depois se prolongava pra pag seguinte, o que fazíamos era desenhar o quadro até o final do texto, para interromper o quadro colávamos um outro retângulo branco sem fio sobre a linha inferior.
Entendeu? Se não entendeu, depois eu explico melhor.
O lance é que os quadros e retângulos eram inteiriços, de 4 lados. Porém, no IDesign é possível eliminar um dos lados. Qualquer ladoque voce quizer.
Desenhe um retângulo com a feramenta Retangle tool (óbvio).




Para eliminar uma uma linha desse retângulo, basta mudar para a ferramenta Direct Selection Tool (ponteira branca), clicar sobre a linha e deletar.





Simple assim. você pode deletar qualquer lado do retângulo.
Lembre-se que a ferramenta Direct Selection Tool serve para manipular os objetos.
Se clicar no fio, voce pode deletar. Se clicar num ponto, você pode movê-lo para qualquer lado.Todos os pontos são editáveis com a ponteira branca.

Essa ponteira trabalha sobre os objetos: imagens (fotos, logos) desenhos, figuras geométricas formadas pela ferramenta retângulo ( elipse e polígonos).
A diferença entre as 2 ponteiras são: A seta preta (selection) serve exatamente para isso: selecionar qualquer objeto. Texto, figura, foto, logos. Qualquer coisa.
Ela amplia ou diminui a caixa ocupada pelo objeto, mas sem mudar sua dimensão.
Já a ponteira branca (Direct Seletion) influi diretamente no objeto em si. Modifica o tamanho, a proporção largura x altura, além de ter nos pontos a possibilidade de trabalhar com curvas. Ou seja, como no Corel, ela trabalha com os nós para curvas de berzier (isso já é outro papo), bastando um atalho de teclado.
Bem, amanhã eu continuo.

24 de abr de 2008

Guerra nas Estrelas - Real Stars Wars

A Guerra nas Estrelas já começou.
Não com os EUA X URSS
Nem com EUA X Países Árabes
Nem com Ocidente X Oriente
Nem com Lula X 3º Mandato
Nem com Rio X SPaulo
Nem com Vasco X Flamengo
Nem com Salário X Mês
Nem com Dívida X Crediário
Nem com Pendura X Fechar a Conta
Nem com Terra X Extraterrestres

Mas foi lá fora (no Cosmos, Universo, longe paca! onde o Carl Sagan fazia suas matérias) que o tempo fechou e finalmente está acontecendo a guerra entre as galáxias:
vide em:
http://br.noticias.yahoo.com/fotos/ss/events/ts/20080424_hubble

Vai lá ver. Inda tem um texto que diz: A coletânea de fotos, que podem ser vistas no site do 'Hubble' e que é a maior tornada pública de forma simultânea, mostra a interação entre galáxias, em forma de dramáticas colisões que desencadeiam a formação de estrelas ou de sigilosas fusões que iluminam novas galáxias.
Se fosse um texte de Roshaltsk (como chama mesmo aquele texte em que as figuras mostradas se parecem com alguma coisa que voce já viu e não se lembra, tipo morcego, borboleta, borrão, e que também é nome de um personagem da série The Whatchmen? Uma HQ que só o Heitor Pitombo (amigo do Ota, nunca mais vi) conhece e que deve ter traduzido todos os capítulos pra editora que publicou a série milhares de anos atrás. Como dizia, se fosse um texte de te mostrarem imagens borradas muito estranhas e voce interpretar, eu diria que essas fotos da Guerra Entre Galáxia me parecem mais como Choques Entre Seios SuperDesenvolvidos, ou ...
Acho melhor deixar por aí.
Envie a foto
Imprimir foto

23 de abr de 2008

Tutorial InDesign - Trabalhando com Links

Trabalhando com links
É muito simples trabalhar com links no InDesign.
Para importar um link, use crtl junto com a tecla D.
Se quizer ver a referencia do link, abra a caixa de links (crtl + shift com a tecla D)
Vamos à caixa de links:


No rodapé da caixa voce tem as seguintes opções: Refazer o link, ir onde está o link , e atualizar o link . A 4 opção (o lápis) é para voce trabalhar nesse link. Se clicar, o link será aberto em outro programa (provavelmente no Photoshop).
Quando voce abre um arquivo e o programa acusa a perda do link, abra a caixa de links e atualize o link.
Se quizer mudar o link use a 2ª opção (ou simplesmente delete e importe o outro).
Cuidado, nunca deixe um trabalho com link desconectado. O programa coloca apenas um preview no trabalho e se voce abrir esse trabalho em outra máquina ou mandar para impressão, vai ser um tremendo problema.
Tudo isso se refere à imagem ou logos (geralmente tif, jpg, wmf ou eps)
Espero que tenha dado para entender

16 de abr de 2008

Imagens Estranhas

À alguns anos eu colhi num site várias imagens com ilusão de ótica, e resolvi mostrar algumas para voces. Espero que gostem.








InDesign - Trabalhando com Estilos 2

Para voce definir estilos de parágrafo e de caractere
Para usar a formatação de texto existente como base para o novo estilo, selecione o texto ou posicione o ponto de inserção nele.
Se houver um grupo selecionado no painel Estilos, o novo estilo será incluído nesse grupo.
Escolha Novo estilo de parágrafo no menu do painel Estilos de parágrafo ou Novo estilo de caractere no menu do painel Estilos de caractere.
Em Nome do estilo, digite um nome para o novo estilo.
Em Baseado em, selecione o estilo em que o estilo atual se baseia.
Cuidado: A opção Baseado em permite vincular estilos uns aos outros, de modo que as alterações feitas em um estilo sejam propagadas aos outros que se baseiam nele.
Por padrão, os novos estilos baseiam-se em Sem estilo de parágrafo ou Nenhum, ou no estilo do texto atualmente selecionado.
Em Próximo estilo (somente no painel Estilos de parágrafo), especifique qual estilo será aplicado depois do estilo atual quando você pressionar Enter ou Backspace.
Para adicionar um atalho de teclado, posicione o ponto de inserção na caixa Atalho e verifique se a tecla Num Lock está ativada. Pressione Shift, Alt e Ctrl e pressione um número no teclado numérico. Não é possível usar letras nem números do teclado não-numérico para definir atalhos para estilos.
Para aplicar o novo estilo ao texto selecionado, selecione Aplicar estilo à seleção.
Para especificar atributos de formatação, clique em uma categoria à esquerda e especifique os atributos que deseja adicionar ao estilo.
Ao especificar uma cor de caractere na caixa de diálogo Opções de estilo, você poderá criar uma nova cor clicando duas vezes na caixa Preenchimento ou Traçado.
Em relação aos estilos de caractere, os atributos que não forem especificados serão ignorados; quando o estilo for aplicado, o texto preservará a formatação do estilo de parágrafo desse atributo.
Para remover uma configuração de atributo de um estilo de caractere:
- Em um menu de configuração, escolha Ignorar.
- Em uma caixa de texto, exclua o texto da opção.
- Em uma caixa de seleção, clique até que seja exibida uma pequena caixa.
Para obter uma cor de caractere, mantenha pressionada a tecla Ctrl e clique na amostra de cor.
Após especificar os atributos de formatação, clique em OK.
Os estilos criados serão exibidos somente no documento atual.
Atenção: Se não houver nenhum documento aberto, os estilos criados serão exibidos em todos os novos documentos.

InDesign - Trabalhando com Estilos 1

Nunca faça trabalhos grandes sem estilos. Os estilos servem para voce padronizar e executar os trabalhos mais rapidamente e sem erros. Por exemplo: quando voce tem muitos titulos, subtitulos, recuos e aplicações especiais, tanto em livros como revistas.
Mesmo num folheto publicitário os estilos são uma verdadeira mão na roda.

Vamos ver agora como funciona isso no programa:
Use o painel Estilos de caractere para criar, dar nome e aplicar estilos de caractere ao texto de um parágrafo.
Use o painel Estilos de parágrafo para os parágrafos, obviamente. Os estilos são salvos com um documento e serão exibidos no painel sempre que você abrir esse documento.
Ao selecionar um texto ou posicionar o ponto de inserção, o estilo aplicado a esse texto será destacado em um dos painéis Estilos, a menos que o estilo em questão esteja em um grupo de estilos contraído.
Porém, se você selecionar uma faixa de texto que contenha vários estilos, nenhum deles será destacado no painel Estilos. Se selecionar uma faixa de texto à qual foram aplicados vários estilos de parágrafo, será exibido "(Misto)" no painel Estilos de parágrafo.

Para abrir o painel Estilos de parágrafo: vá em Tipo e depois Estilos de parágrafo ou clique na guia Estilos de parágrafo, exibida por padrão no lado direito da janela do programa.
Para abrir o painel Estilos de caractere, faça o mesmo caminho, só que clicando em estilos de caracteres, claro.

Qualquer estilo que voce quizer abrir, o caminho é esse.

3 de abr de 2008

InDesign, CS2 e CS3 - Recursos da caixa de texto

Utilizando os recursos da caixa de texto

Quando você tem um texto ou um título e precisa que ele fique dentro de um quadro, normalmente você criava o quadro com a ferramenta retangulo.
Com o InDesign isso não é mais necessário.
Você não precisa desenhar um retângulo e colocar o texto dentro.
A própria caixa de texto é o retângulo, basta definir os parâmetros.

As imagens que você está vendo foram exportadas em JPG direto do próprio InDesign CS 3.
O CS 2 era meio fraco na exportação, mas no 3 você tem várias opções de DPI, podendo gerar imagens para web ou para impressão.
O programa é o bicho! Faz quase tudo.