19 de dez de 2012

The Guitar Collection: George Harrison

Acaba de ser lançado o ebook preferido dos beatlemaníacos (preferencialmente os músicos).
Trata-se do George Harrison: Living in the Material World, e ainda tem o app The Guitar Collection: George Harrison.
A turma do site caprichou.
Criaram uma pagina mostrando como voce pode curtit o ebook: http://www.bandwdth.com/harrison/support.php

Ensinam como navegar no app, como visualizar as guitarras em 360°, colocaram as características das guitarras e de quebra ainda colocaram uma biblioteca de músicas pra você ouvir e comprar.
Ah sim, tem vídeos também, claro, e cartões pra voce enviar por email.

Não tem fotos apenas das guitarras, mas do George em diferentes fases, capa dos seus discos, fotos de outros musicos inclusive dos outros 3 Beatles, claro. Até uma foto igual a da capa do Abbey Road
mas vista de cima. Interessante, essa eu não conhecia. Como foi que fizeram isso com a foto original?
O Heitor Pitombo deve saber, além de ótimo baixista é super beatlemaníaco, sem esquecer o Jimmy Tonelada da banda Lemak, que toca muito, verdadeiro virtuose da guitarra. Esses caras com certeza sabem.

Bem, é isso aí. Curtam algumas fotos que pesquei no site. Legal ver a guitarra psicodélica usada no especial para tv The Magic Mystery Tour.
Mas agora, dá licença que preciso ligar o som e ouvir I am the Walrus.














Ps. Quem quizer oivir a guitarra do Jimmy segue link do clipe: http://www.youtube.com/watch?v=vBFP3Sq905s

6 de dez de 2012

Amazon Brasil vende Kindle bem barato

Amazon Brasil vende Kindle bem barato


A amazon.com.br abriu suas portas digitais na madrugada dessa quinta-feira com mais de 11 mil titulos à venda e 5 mil gratuítos.
Bom, isso eu li num blog, não contei os titulos.

Fui no site da loja, e realmente tem uma porrada de livros, até seção de mais vendidos, mas o que me chamou a atenção foi o anúncio do Kindle a R$ 299,00.
Uau. Agora sim os tablets terão que baixar o preço.
Vou fuçar mais na loja e depois posto aqui, mas imagino que se vendessem outros aparelhos eletrônicos iriam acabar derrubando a Ricardo Eletro.
Bem, brincadeiras a parte, é ótimo que tenhamos uma empresa de peso pra incrementar mais nosso mercado, inclusive no que se refere a ebook.

30 de set de 2012

eBOOK: PDF ou EPUB?

Eu estava tentando explicar a diferença entre um epub e um pdf.
Num post do ano passado eu disse que pdf não era ebook, e isso tá rendendo até hoje.
Realmente, algumas editoras estão vendendo ebook dos seus livros no formato pdf.
Por que pdf e não epub? Porque pdf é facílimo de fazer, não precisa de profissional especializado, não tem custo.
Basta usar o pdf que foi feito para impressão, tirar as páginas em branco, adicionar a imagem da capa, transformar algum texto e foto sobre o autor em uma página e colocar no final, e pronto.
Pra fazer o ebook em epub voce tem que retrabalhar todo o texto, imagens, diagramas, tabelas e gráficos no indesign, colocar estilos em tudo, depois exportar para epub.
Acabou? Não, esse é apenas o epub bruto, ele tem que ser burilado. Pode ser no Sigil, no DreamWeaver, mas tem que retrabalhar o código fonte, limpar o pacote de spans, criar a toc, criar o css da capa e mais um monte de coisas.
Depois de tudo isso, tá pronto? Quase, passe pelo epubchecker. O último é o epubchecher 3.05b.
Se não for acusado nenhum erro, ok. Está pronto.

Um exemplo do epubchecker:

--------------------------------------------------------------

****** EPUBCHECK 3.05b Sun Sep 30 17:26:55 BRT 2012 ******

############ File anjo_caido.epub ############
############ ARQUIVO SEM ERROS ############
################################################

############ File caleidoscopi_interior.epub ############
ERROR: OEBPS/content.opf(2,354): date value '' is not valid as per http://www.w3.org/TR/NOTE-datetime:zero-length string
############ ERROS ENCONTRADOS ACIMA ############
################################################

############ File xadrez_apocaliptico.epub ############
############ ARQUIVO SEM ERROS ############
################################################

3 ARQUIVOS VERIFICADOS

-----------------------------------------------------------------

Ele gera um relatório em txt informando os erros, o que são e onde estão.

Já pdf não tem esse tipo de problemas. Mas acontece que a DLD não aceita mais pdf, só epub. E aí?
Você vai ficar procurando uma editora que ainda usa pdf como ebook pra oferecer o seu trabalho? E pra que?
Certamente as editoras não precisam de você. Quem faz a diagramação para elas já fornece o pdf.
Outra coisa, pequeno detalhe. Pra fazer um ebook em epub, é necessário o conhecimento de diagramação usando o Indesing (o Quark tambem faz), HTML e CSS.
Antes, nós diagramávamos na mão, calculava-se a quantidade de toques de um texto, quantas laudas tinha e num papel milimetrado, o gabarito da página, marcávamos a paginação da matéria do jornal ou revista.
No caso de livro, apenas calculava quantas páginas dariam na arte-final. Mas tinha as páginas de rosto e créditos que eram mais trabalhadas, claro.
Depois, com o computador, o arte-finalista sumiu. Você diagrama e finaliza as páginas da revista ou do livro. Ficou o diagramador.
Aí veio a internet, e claro que fomos direto pro HTML. O conhecimento da diagramação ajuda e muito pra construir uma webpage. Basta aprender os rudimentos do HTML, XHTML, CSS, Flash etc.
Assim o diagramador passou a ser também webdesigner.
Agora veio o ebook. E quem melhor pra fazer um ebook senão um diagramador-webdesigner?
Só que ainda não temos um nome para essa função.
Quer dizer, um trabalhão danado pra fazer um ebook perfeito, com código limpíssimo, tudo funcionando direitinho e me aparece gente chamando pdf de ebook.
Que coisa.

Em tempo. Tá vindo aí o ePUB3, com aplicação de som e video.
Já aplico som e vídeo em pdf, também conhecido como Dinamic PDF (pela Adobe) ePDF por outros e PDF Interativo.
O pdf com som e vídeo o Adobe Reader lê. Já o ePUB3 ainda tem que esperar a adaptação pelos sistemas operacionais: Android, Stanza, etc.
Tenho lido que o Kindle (Amazon) agora vem com mais um sistema operacional, colocou também o Android (Kindle Fire), mas quem quizer saber mais sobre isso é só ir pro Google.
Finalizando, quero deixar bem claro que para mim, pdf é pdf. Continuo considerando que ebook é no formato ePUB. E ponto!

24 de jul de 2012

Problemas com fontes no InDesign CS5.5? Eis a solução

Meu problema foi com a fonte Arial Narrow.
Um livro para reedição, onde as notas de rodapé (mais de 3 mil notas, algumas ocupando 2 paginas inteiras)
estavam todas em Aria Narrow, usando regular, italico e negrito.
Eu achava que o problema era no Windows 7, a fonte aparecia apenas como estilo da Arial, assim as opções eram Arial Regular, Italico, Bold ou Narrow Regular.
A solução seria trocar pela Arial TH, que tambem é condensada, mas não tanto, e o texto iria correr.
O livro em questão tem 2.084 pags!
Tentei abrir num computador com o Windows XP, e constatei que o problema era no Indesign mesmo.
Muito bem, a solução.
O Indesign tem uma pasta para serem inseridas as fontes que ele não reconhece no Windows.
Vá no Arquivos de programas / Adobe / Adobe Indesign CS5.5 e voce encontra a pasta Fonts.
Basta colar as fontes nessa pasta.
No meu caso, a Arial Narrow continua aparecendo como estilo, só que todas elas.
Ainda não testei numa conversão para ebook, pra ver se ela é exportada normalmente, mas acho que sim.
Vou fazer e depois dou notícias.

17 de jun de 2012

Ainda sobre o Calibre

Outro texto bom no boletim Revolução E-Books é sobre a Amazon x Calibre.
Diz que não é mais possível publicar arquivos no Kindle Direct Publishing, o serviço de auto-publicação da Amazon, feitos no Calibre.
Diz o texto: Após diversos problemas com conteúdo plagiado, obras gratuitas sendo vendidas por oportunistas, entre tantas outras coisas, a Amazon adotou um filtro mais pesado no que chega à sua loja virtual. Recentemente, Nate Hoffelder do The Digital Reader relatou um caso em que um eBook foi barrado na Amazon. A explicação, após muita insistência, veio nessa mensagem:
"Nossa equipe técnica constatou que o conteúdo do seu livro foi criado por ‘Calibre’ e, portanto, não é comprável em nosso site.
Por favor envie o seu livro em qualquer arquivo em MOBI criado pelo KindleGen ou faça o upload do arquivo em DOC ou HTML.
O livro estará então comprável e pesquisável nas próximas 24 a 48 horas após a republicação.
Obrigado por sua imensa paciência e compreensão durante o tempo que levou para pesquisar esta questão."
Resultado, não adianta tentar simplificar e fazer uma conversão de qualquer jeito. O ebook no formato EPUB quando feito da formaa correta, é aceito em qualquer leitor.

Pdf vira ebook-epub apenas num clique

Muito boa a postagem do Eduardo Melo no REB - Revolução E-Book sobre programas usados para conversão para ebooks formato EPUBs.
É sobre o resultado da pesquisa realizada pelo Flemish Innovation Center for Graphic Communication http://whattheythink.com/news/58435-pdf-epub-conversion-tools-score-just-30-average-vigc-test/

Eles testaram vários programas que fazem a conversão de pdf para epub automaticamente, e chegaram a conclusão de que as conversões feitas apresentam tantos erros que não compensa o trabalho de refazer o arquivo.
Eu experimentei alguns programas, inclusive o Calibre (é o mais conhecido) e minha opinião é que por enquanto apenas o Indesign tem um bom desempenho para a conversão, e mesmo assim é necessário trabalhar todo o código pra deixar o ebook redondo e sem falhas, para que possa passar pelo Epubchecker.
Nem o Quark eu uso, apesar de exportar para epub, dá tanto trabalho que é mais fácil levar o texto pro Indesign.