16 de dez de 2009

COMO LER E-BOOKS FEITOS EM EPUB

Vamos começar do inicio.
Primeiro, voce tem que instalar o Adobe Digial Editions.

http://www.adobe.com/br/products/digitaleditions/

Alguns problemas que podem ocorrer na instalação:
- O navegador Mozila da Firefox costuma pedir autorização do usuário,
ou simplesmente interromper o download.
- Alguns antivirus e firewalls não permitem o final da instalação.
Nesse caso é necessário desabilitar ou autorizar.
- Se você clicar no link acima e abrir uma pagina toda desmontada, tenha calma.
Tente de novo ou entre no site da Adobe e procure o programa Adobe Digital Editions.
Às vezes, dependendo do fluxo de visitantes no site, isso pode ocorrer.

Depois de instalado, abra o programa.
De início você verá 2 modos de exibição: LEITURA e BIBLIOTECA


Para visualizar seu e-book, é necessário criar uma bilblioteca.
Clique na setinha ao lado de biblioteca, e em seguida, em "adicionar ítem à biblioteca" .
Depois basta escolher o arquivo com extensão .epub.


E você entrará no modo de LEITURA.
Os capítulos aparecem à esquerda, e você pode abrir qualquer um apenas com um clique do mouse.


Você tambÉm pode alternar os modos de LEITURA.
Uma pagina ou pagina dupla.


Visualizando sua biblioteca
Para visualizar o e-book, bastar clicar 2 vezes na capa.


um ótimo recurso é classificar seus e-books dividindo em PRATELEIRAS

16 de nov de 2009

Publicando texto para e-book

Qual a melhor forma de escrever seu texto para ser convertido em e-book? Ou melhor, em epub?
Pra começar, pode usar o seu texto feito no Word.
Planeje seu texto como se fosse o livro impresso, com as imagens, tabelas, planilhas e tudo mais, como gostaria que seu livro fosse visualizado.
Cuidado, imagens e planilhas com detalhes muito pequenos, que voce mesmo quase não decifra, obviamente não poderá dar bom resultados.
E aquelas imagens enormes que nem cabem na largura da pagina? As planilhas imensas que ficariam muito bem num projetor de uma palestra? Nem pensar. O que você não vê, e o que não cabe na página, é melhor refazer.
Seu livro é o que voce vê na tela do seu monitor.
E ainda contando alguns pequenos fatores: o texto não é fixo, ele vai variar o tamanho da letra pra ser melhor visualizado no pc, notebook, no celular ou em qualquer maquininha (veja em http://www.adobe.com/products/digitaleditions/devices/)
Por enquanto é isso. Depois vamos falar de como voce pode transformar seu texto em epub.

e-book - Qual a grande diferença entre EPUB e PDF?

SE VOCÊ pretender ler seu livro apenas no computador ou no notebook, claro que o pdf satisfaz muito bem. Fica ótimo. E só isso.
Então porque um arquivo em EPUB?
Simples. Seu livro pode ser transferido para qualquer leitor de texto.
Tanto pode ser um KINDLE como qualquer smartphone.
Com a nova tecnologia dos celulares, obviamente apareceram e aparecerão muitos recursos para processadores de textos.
E é exatamente aí que o formato do EPUB ganha vantagem: ele já foi progamado (criado) pra isso, enquanto o velho PDF continuará a ser um ótimo e imutável PDF.
Imagine um escritor com dezenas de textos na gaveta, sem poder imprimir seus livros e distribuí-los no mercado.
Mercado? Se desse pra imprimir e distribuir entre os amigos, conhecidos e contatos de web, já seria ótimo. Pena que teria até tarifa do correio pra enviar.
Mas e se fosse apenas um arquivo enviado por e-mail pra centenas de "conhecidos"? Seria a melhor distribuição de uma obra. E se esse arquivo pudesse ser aberto tanto no PC, no Laptop, no celular etc etc?
Essa é a verdadeira revolução do livro. Textos que você distribui para serem lidos em vários formatos, em qualquer parte do mundo.
Acho que isso bota o mp3 no bolso.
Pra fazer um arquivo de uma boa música, você precisa de n fatores. Já pra fazer um bom livro, basta apenas um bom escritor.
Quem se habilita?


E como um escritor coloca sua obra em epub?

14 de nov de 2009

Books or e-books? - This is the question

Você prefere livros ou livros virtuais?
Claro, livros pra folhear, pra carregar confortavelmente pra todo lugar.
e-books? no celular, no computador ou em qualquer outra maquinha muito mais interessante?
Antes de mais nada, aprenda que pdf é ótimo pra impressão (em arquivos pesados próprios pra isso) ou em arquivos bem leves que só abrem no computador.
E o e-book?
É claro que não é um PDF, mas sim um arquivo criado através de programas especiais para este fim: pra inserir no celular (de vários tipos), no leitor (kindle) específico pra isso ou então em outras maquininhas que você carrega confortavelmente no bolso ou na bolsa, dependendo do tipo de roupa que você estiver usando.
Então, qual a utilidade do verdadeiro e-book, que não é pdf, mas sim uma outra linguagem?
Acho eu que a grande diferença entre livro e e-book é o fato de você poder baixar textos gratuitos, armazenar grandes quantidades de textos, carregar um aparelhinho muito pequeno e sim ples, assim como você faz com a música.
Imagina utilizar os textos como você utiliza a música?
Você tem um mp3 player grudado no seu corpo 24 horas por dia.
Porque não um e-book igual?
Só não pode ser em pdf.

24 de out de 2009

Como divulgar seu blog, loja ou qualquer coisa

Realmente, meu amigo Léo Cabral anda aprontando muito (em termos de conhecimento) na rede. O cara tem um know-how acumulado de fazer inveja, e obviamente, eu meti a mão numa parte disso e ofereço a voces.
O texto abaixo é dele, do blog http://leocabral.com/como-divulgar-seu-blog-offline/.
Curtam e aprendam com quem faz:

Antes de escrever os itens deste artigo, vou assumir um acontecimento da minha vida do qual tenho vergonha, muita vergonha: – Eu já fui um daqueles vendedores fanáticos de Herbalife que andava com aquele boton ridículo, super empolgado com nada e claro, perdi muito dinheiro. Mas nem tudo foi perdido e nesta fase aprendi muito sobre divulgação e se vender um pozinho que ninguém quer não deu certo, pelo menos as técnicas que aprendi podem ser usadas para divulgar meu blog.

Vamos aos itens:

1. Mande confeccionar panfletos e distribua-os em locais públicos como praia, sinais, parques, estádio de futebol, porta de casa de shows, centro comerciais etc.
2. Patrocine eventos relacionados ao assunto do seu blog como uma banda que toca no shopping próximo a sua casa. Você pode fazer folhetos com a divulgação da banda na frente e a propaganda do seu blog no verso. Para cada nicho utilize sua criatividade e arrume uma maneira de patrocinar algo.
3. Envelope seu carro. Isso mesmo… faça como os “Herbalifeanos” e envelope seu carro com a propaganda do seu blog.
4. Faça cartões de visita e distribua aos seus amigos. Coloque também nas caixinhas de correio do seu prédio.
5. Envie seus cartões de visita junto com sua correspondência.
6. Faça bolsinhas de papel de encartes de jornal e cole com fita adesiva em pontos de ônibus e orelhões com cartões ou panfletinhos dentro. Sinceramente isso é poluição. Essa técnica não serve pra mim, mas fica aqui a idéia. O que ameniza um pouco é que por ser colado com fita adesiva, qualquer um pode retirar e jogar fora, sem sujar o local colado.
7. Se o seu blog é sobre futebol, vá para o estádio com uma placa bem grande: (Imagina a Dissat do Fim de Jogo)
Galvão entra no meu blogwww.fimdejogo.com.br(imagem postada,desculpem, não deu pra copiar)
8. Confeccione camisas e bonés para você e a família com a propaganda do seu blog. Aqui vale uma coisa mais fina como bonés bordados. São bonitos e de bom gosto.
9. Faça brindes como chaveiros, canecas, garrafinhas e outros brindes criativos com a propaganda do seu blog. Hoje já existem máquinas que permitem fazer uma quantidade bem pequena por um preço muito bom. Aliás, esses brindes valem de atrativo para os leitores como premiação para quem mais comenta por exemplo.
10. Anuncie em carros de som.
11. Mande confeccionar placas em lona pintadas com a propaganda do seu blog (do tipo daquelas de vende-se) e pendure no poste do seu quintal como fazem os políticos em época de eleição. Uma dica legal é colocar uma placa na janela do lado de fora de consultórios e escritórios em avenidas movimentadas mediante um aluguel mensal pelo espaço é claro.
12. Coloque anúncios em jornais e revistas direcionados ao público alvo do seu blog.
13. Deixe um bolinho de panfletos em estabelecimentos confiáveis como o salão onde você corta o cabelo ou na sala de espera do seu dentista.
As idéias são infinitas, ajude-me a aumentá-la deixando a sua idéia na área de comentários.

É isso aí, Grande Léo.

15 de set de 2009

InDesign - Como fazer fios numa tabela importada do word como texto

Normamalmente, as tabelas são geradas no Exxcel, e depois passadas para o Word.
Quando chega nas mãos do designer elas cgegam quase prontas, bastando apenas ajustar espaços, espessuras de fios, etc.

Porém, algumas tabelas são feitas diretas no Word e chegam como texto, e aí o designer tem que dar a aparência de tabela.
Para isso vou mostrar umcaminho fácil e rápido de se fazer isso.

Abaixo, temos uma imagem com a mesma tabela em 3 estágios:
Primeiro temos a tabela só com texto, na segunda a tabela com fios e na terceira com fios e uma caixa delimitadora.



Para inserir os fios, selecione o texto e vá em fios de parágrafos.


Marque fio ativado em fio abaixo,
pode escolher espessura e cor dos fios,e dê ok.


Depois, é só pegar a ferramenta retângulo e fazer um contorno na tabela.

16 de jun de 2009

Angels & Demons - Ilumminatti

Isso é pra quem viu o filme.
Não entendi a forçassão (como se escreve isso?) de barra no final do filme. Como não li o livro, tratei de comentar com quem leu.
Seguinte: no livro a antimatéria explode muito alto não causando nenhum estrago na terra, e o padre carmalengo desce triunfal de paraquedas. Já tá meio estranho.
No filme é terrível. A explosão dá um show de adrenalina e visual na Praça de São Pedro, e mesmo assim o padreco desce de paraquedas, imune a qualquer força de deslocamento de ar que possa existir.
Sei não. Acho que vou esperar o próximo capítulo do Dan Brown pra ver o que vem por aí.

5 de mai de 2009

InDesign CS3 - Letras com contornos

Pouca gente utiliza esse recurso. Assim como o Corel, que facilta com esse recurso o aumento do peso das letras, porém como é um programa voltado mais para ilustração e não para diagramação com blocos de textos, como livros e revistas, o Indesign inovou e colocou à disposição esse recurso que pode auxiliar num título de uma matéria, por exemplo, dando um destaque maior sem ter que aumentar o corpo da letra.

Na barra de menu (no alto), no item “janela”, voce encontra a aba Traçado, (tecla de atalho: F10). Ela fica também na barra de comando, à direita. Geralmente atua junto com Amostras e Objeto.

Abaixo algumas imagens. Imagino que não é necessário texto de explicação.



Utilize contornos nas caixas do texto. Pode mudar a espessura e a cor.



Pois é, gente. Desculpem a falta de maiores explicações, mas acho que o básico é isso aí.
Como estou acostumado com a interface do programa, vou fazendo tudo direto. Se alguém tiver alguma dificuldade, basta me avisar que detalho mais cada ítem.

3 de mai de 2009

MENGÃO - TRI CAMPEÃO - VAMOS ÀS VENDAS!!!

MENGÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
NEM PRECISOU DA AJUDA DAQUELE AMEBA DO BOTA QUE ACHOU QUE IRIA LEVAR UMA BOLA FAZENDO GOLS CONTRA.
MENGÃO NÃO PRECISA DISSO.!!!!
MENGÃO TEM GOLEIRO!
GRANDE GOLEIRO!
ESSA VITORIA É DO GOLEIRO!
VOU CORTAR MEU CABELO BAIXINHO IGUAL AO DO GOLEIRO!!!
VIVA MENGÃO! É CAMPEÃO!!!!!!!!!
VIVA O MAIOR JOGADOR DO MENGÃO! PEGA QUALQUER COISA QUE APAREÇA NA FRENTE!
ÉÉÉÉÉÉÉ´BRUNO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
BBBBBBBBBBBBRRUUUUUUUUUUUUNNNNNNNNOOOOOOO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Agora que acabou o jogo, vamos todos pra rua consumir, que a vida não para e os vendedores precisam ganhar a vida.
E viva o Mengão, Viva o Bruno, viva às vendas. Vamos consumir moçada, que o comércio tá precisando é disso.
VENDASSSSSSSSS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Se possível passem no Rio Decor - Barra - Free Way, na loja Rachel Design e comprem com a vendedora ANGELA PANZA.
Ela, além de flamenguista, entende de decoração pacas. E precisa vender.
Vamos comemorar, bebemorar e comprar, muito! Comprar Comprar e Comprar.
E VIVA O MENGÃO! TRI CAMPEÃO!
E VAMOS COMPRAR! COM A ANGELA PANZA DA RACHEL DESIGN DO RIO DECOR - FREE-WAY.

TODOS JUNTOS, VAMOS LÁ!!!!!!!!!!!!!!!!!
QUEM CHEGAR POR ÚLTIMO É MULHER DO PADRE...OU DO BISPO!

20 de fev de 2009

A grande diferença entre email marketing e spam

Encontrei uma matéria no site da empresa Virtual Target que é uma pequena aula de email marketing. É ótimo não só para quem faz, como tambem para todos usuários saberem a grande diferença entre email marketing e spam.
----------------------------
O que é email marketing?

Os consumidores de internet já conhecem bem o email marketing. Falam mal, acham “invasivo”, entram em blogs e fóruns de discussão e o confundem com o spam (mensagem eletrônica não solicitada, enviada em massa). Porém, esses mesmos consumidores de internet recebem, diariamente, newsletter do seu jornal diário predileto. Passam horas lendo notícias do seu assunto de interesse. Navegam em lojas virtuais, compram e recebem informativos semanais de ofertas. Compram essas ofertas. Recebem informações sobre pagamento, sobre cadastro, sobre eventos, etc, etc. E o que são esses emails que já fazem parte da rotina diária dessas pessoas? São emails marketing.
Quem trabalha com internet já sabe que o email marketing é uma mídia muito utilizada. Sabe-se que o recebimento e o envio de emails são as atividades mais realizadas pelos internautas, seguidas, de longe, pela leitura de notícias e por diversão. De acordo com estudo de comportamento de usuários realizado pelo CGI, o email é o principal motivo de acesso à internet. Logo o email marketing possui um alcance incomparável e não é possível imaginar empresas que não utilizem esse canal de comunicação pois é de extrema importância para o relacionamento com os clientes.
O email marketing é uma das melhores estratégias de relacionamento existentes atualmente: permite segmentar, personalizar e mensurar os retornos com muita facilidade e precisão. É um dos maiores responsáveis pelo branding da marca: segundo pesquisa da Bredin Business Information (2007), 30% das empresas tiveram uma melhor imagem de um fornecedor através do email marketing que receberam. Porém, aliado ao seu baixo custo, também é uma ação de marketing tentadora para qualquer empresa, pois pode conseguir retorno imediato, uma válvula de escape para alcançar as metas mensais.Mas é justamente por essa atitude de profissionais despreparados que o spam ganha força. E esses profissionais não fariam email marketing “desesperadamente” se, de certa forma, não desse resultado. Logo temos o seguinte cenário:

Ao fazer email marketing sem nenhuma preocupação com o retorno geral, o mercado acaba criando uma legião de contatos que não desejam mais receber seus emails (por não fazerem parte do perfil ou não estarem em seu momento de compra). Muitas vezes esses emails são remetidos como spam: os contatos fazem isso para se defender de empresas sem ética que não respeitam seu desejo de saírem da lista e acabam remetendo diversos emails marketing como spam, o que prejudica a reputação de empresas sérias.

Claro que isso não aconteceria se todas as empresas trabalhassem eticamente. E por todo este trabalho não profissional, os provedores acabam criando novas e novas regras, sempre com o propósito de barrar emails marketing indesejados. Para que o mercado (contatos e provedores) se adeque a algumas normas do email marketing é preciso, primeiro, que as empresas passem a trabalhar dentro dessas normas.


Este círculo vicioso acaba atrapalhando as empresas que tentam trabalhar direito: enviam email marketing para uma base de relacionamento ou opt-in e tentam integrá-lo com suas bases de dados, fazendo dele um braço do seu CRM. A “boa intenção” é um grande passo, mas ela não é auto-suficiente sem o conhecimento das técnicas.
-------------------------
Esse é o texto da matéria, espero que seja útil para alguem e que a empresa citada não se incomode com a reprodução.

13 de fev de 2009

InDesign CS2 e 3 - Configurando notas de rodapé

Pra quem trabalha com livros, as notas de rodapé costumam dar um pouco de dor de cabeça.
O melhor é acertar logo as configurações no inicio da diagramação.

Abaixo reproduzo as 2 caixas referentes às footnotes.
Para abrir essas caixas, vá em TIPO/Opções de nota de rodapé em documento.



Na aba Numeração e formatação, no item Reiniciar numeração a cada:
Se voce estiver com um texto longo e quizer que as notas reiniciem à cada capítulo, basta marcar este item como seção.
Claro que na paginação, os capítulos devem ser numerados por seções.




O que mais dá trabalho aos diagramadores, certamente, é o fio sobre a continuação da nota na pag seguinte.

Pois, na aba Layout, veja a marcação em:
Fio acima: Notas de rodapé com continuação - Fio ativado.
Também atenção pra largura do fio. Se estiver marcando 100% ele pegará toda a largura da mancha da página.
É isso aí. Espero que seja útil para alguem.